Nos Trilhos Abertos: Deriva no entorno da estação Ipiranga (Linha Turquesa)

Jhonny Salaberg | 21 de Novembro de 2016

Coletivo Estopô Balaio está em processo de seu novo projeto Nos Trilhos Abertos de um Leste Migrante. Um dos exercícios realizados pelos atores são as derivas nos entornos das estações das linhas de trem que partem do Brás. O ator Jhonny Salaberg derivou pela estação Ipiranga, da linha Turquesa da CPTM. Este é o seu texto:

As casas que margeiam o grande carrossel brigam por espaço embaixo da proteção CONCRETA de uma passarela que suporta os primos dos trens, os carros. A quarta feira de cinza se estende pelo ano inteiro e vira cenário do império de paetês e ferrugem. Os carros alegóricos abrigam homens reais e artificiais, negros e pobres, EMOLDURADOS pela grande janela do sambódromo de barro. Em Ilha de Sergipe, os trens e os trilhos aposentados descansam lado a lado. As fabricas GRITAM o tempo todo , os homens com o destino amarrado nas costas migram de ponto em ponto para tentar saudar o grande Deus que se esconde na montanha de plástico azul. Por aqui o labirinto da sobrevivência dá espaço para que o comércio se estabeleça e a tinta ainda fresca escorra do painel da revolução. CALA A BOCA E ME MAMA!!!

Comente