Documentário "Estopô Balaio"

Durante os anos de 2014 a 2016, o diretor Cristiano Burlan (diretor do premiado documentário “Mataram meu irmão”) acompanhou o Coletivo Estopô Balaio em seu cotidiano no bairro e durante temporadas em outros lugares. Estimulado pela comunhão do teatro com a comunidade, surgiu a ideia de realizar um longa-documentário a partir da inquietação: Como opera a arte em situações de trauma social? O filme Estopô Balaio fez sua pré-estreia no 11o Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, em 2016. O filme apresenta duas narrativas norteadoras para contar a história da presença do Coletivo Estopô Balaio no bairro do Jardim Romano. O teatro, a vida, a cidade, os processo de migração, as enchentes estão presentes na obra.

O documentário completo está disponível no canal do SescTV, só acessar:

Histórico:

2016 - Pré-estreia no Festival Latino Americano de Cinema de São Paulo, no Memorial da América Latina

2016 - Participação no Festival Filmar, na Suiça

2016 - Participação no Festival de Cinema de Brasília

2016 - Exibição no Sesc Itaquera

2017 - Circulação nos cinemas nacionais através do edital SPCine

2018 - Licenciado pelo SescTV e disponível gratuitamente em suas plataformas online

Ficha técnica:

Direção

Cristiano Burlan

Produção

Ana Carolina Marinho

Henrique Zanoni

Fotografia e Câmera

João Macul

Cristiano Burlan

Roteiro

Ana Carolina Marinho

Cristiano Burlan

Marcelo Paes Nunes

Montagem

Marcelo Paes Nunes

Cristiano Burlan

Elenco

João Júnior

Adrielle Rezende

Ana Carolina Marinho

Ana Maria Marinho

Bruno Fuziwara

Clayton Lima

Edson Lima

Keli Andrade

Juão Nin

Lisa Ferreira

Paulo Oliveira

Ramilla Souza

Wemerson Nunes

Amanda Preisig

Jhonny Salaberg