Espetáculo retrata história de sobrevivência no Jardim Pantanal

A confltuoso relação do Jardim Romano (Zona Leste da capital) com as enchentes do rio Tietê é o mote do espetáculo "O que Sobrou do Rio", em cartaz até o dia 21 de julho no Memorial da América Latina. O palco da performance fica dentro da Casa Molhada, projeto de instalação artística que reconstitui, com réplicas de casas e objetos, as cenas de destruição deixadas pelas chuvas que alagaram o bairro em 2010. Aos sábados e domingos, às 20h e 18h, respectivamente, com entrada Catraca Livre.

"O que Sobrou do Rio" foi idealizado pelo grupo EstoPÔ Balaio de Criação, Memória e Narrativa a partir das histórias de sobrevivência de moradores que foram obrigados a conviver em casas inundadas. Elas falam de solidariedade, da função da arte e da resistência do migrante, mesclando linguagem oral, literatura e artes visuais.

Serviço

O que
O que sobrou do Rio
Quanto
Catraca Livre
Onde
Memorial da América Latina
http://www.memorial.sp.gov.br
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664
Barra Funda - Oeste
São Paulo
(11) 3823-4600
Estação Palmeiras-Barra Funda (Metrô - Linha 3 Vermelha)
Estação Palmeiras-Barra Funda (CPTM - Linha 7 Rubi)
Ver no mapa
  • de 6 a 20/07
    • Sábados às 20:00 a cada 3 semanas
  • de 7 a 21/07
    • Domingos às 18:00

Comente