Espetáculo apresentado nos trens da CPTM faz reflexão sobre a enchente

Que tal curtir um espetáculo de teatro em pleno trem da CPTM? Assim é a proposta do projeto “A Cidade dos Rios Invisíveis”, do Coletivo Estopô Balaio de Criação. A montagem percorre o trecho entre as estações Brás e Jardim Romano da Linha 12 Safira e faz uma reflexão nas causas e nas consequências das enchentes na cidade.

A peça é apresentada entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro, sempre das 15h às 18h. A entrada é Catraca Livre, mas antes deve ser feita reserva gratuita pelo e-mail acidadedosriosinvisiveis@gmail.com (são 40 pessoas por viagem). O ponto de encontro ocorre no Espaço Cultural da Estação Brás da CPTM, uma hora antes do início da sessão.

Iniciando com intervenções no interior dos trens, o projeto inclui roteiro a ser percorrido pelas ruas do Jardim Romano. Durante o trajeto de trem, os participantes ouvem, por meio de aparelho de áudio, cedido mediante entrega de RG, as narrativas sobre as paisagens avistadas pelos bairros em torno das estações.

Inspirado no livro “Cidades Invisíveis”, do escritor italiano Ítalo Calvino, o espetáculo foi desenvolvido com os moradores do Jardim Romano e construído a partir de relatos e depoimentos sobre as enchentes que assolam o bairro.

Comente